HFBnet - Hospital Federal de Bonsucesso
 
Comunicação Social  Notícias |   Clipping | Vídeo | HFB Informa | Informe HFB
Home
O Hospital
Gestão
Centro de Estudos
Comunicação Social
CCIH
Ouvidoria
HFB Ciência
Sua Saúde
Links
Recursos Humanos
Programa de Diabetes


  você está aqui > Home > Comunicação Social > Notícias

005/009/2006

Dez anos da UTI Neonatal

Por Bárbara Coutinho



Em 1996, o Dr. José Roberto Ramos Arioza e a Direção da época inauguraram a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal e Pediátrica do Hospital Geral de Bonsucesso (HGB). A abertura dessa nova Unidade foi possível graças ao concurso público de 1995 que trouxe profissionais especializados para o Hospital. A atual chefe do setor, Dra. Flávia Oliveira, faz parte do projeto desde o início, e ela assumiu a chefia quando o Dr. Arioza passou para a chefia do prédio da Maternidade, em 2001.

Quando foi inaugurada a UTI tinha 10 leitos, sendo 5 para a área neonatal e 5 para a pediátrica. A Unidade sempre funcionou no mesmo local, térreo do prédio 2, a diferença é o número de leitos que contam com dois a mais atualmente.

O perfil da UTI é o atendimento de crianças com doenças de alto-risco e complexidade, sendo 30% das internações crianças abaixo de 1000 gramas. O número de usuários que passam por lá é de cerca de 300 ao ano, incluindo pediatria e neonatal.

Uma das grandes conquistas da Unidade foi a melhora na taxa de sobrevida das crianças ao longo dos anos. Antigamente essa taxa estava em torno de 50% e, hoje em dia 90%, esses resultados foram possíveis com o apoio das Direções do Hospital que investiram em tecnologia, da Fundação de Apoio à Saúde e Ensino Bonsucesso (FASEB) que financiou a obra de ampliação do setor e as várias clínicas de apoio. “É um trabalho conjunto”, diz a Dra. Flávia, chefe da Unidade.

De acordo com ela, entre os trabalhos realizados na UTI Neonatal e Pediátrica estão as cirurgias de ligadura de canal arterial, traumacraniano e outras patologias complexas. A partir de 2002, o setor começou a absorver as crianças do Transplante Hepático-pediátrico no pós-operatório, que por sinal, tem mostrado excelentes resultados de sobrevida. Além disso, a UTI Neonatal e Pediátrica foi o terceiro Centro a ser criado no Brasil, que opera crianças abaixo de 10 quilos, além de ser referência no Rio de Janeiro no atendimento de alto-risco e complexidade.

O balanço desses últimos 10 anos é extremamente positivo apesar de ter pouco tempo de existência. “Ainda temos necessidade de melhorar cada vez mais, pois acreditamos que isso é possível dentro de um hospital público e do Ministério da Saúde”, conclui Dra. Flávia.

Voltar

09/04/2019 - OUVIDORIA EM FOCO

09/04/2019 - DIA MUNDIAL DA SAÚDE

05/04/2019 - NOTA ABERTA À POPULAÇÃO

30/11/2018 - PREOCUPAÇÃO COM A PROTEÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

09/11/2018 - DOAÇÃO DE SANGUE NO HFB

09/11/2018 - Novembro Azul conscientiza homens para prevenção do câncer de próstata.

 

HFBnet - Hospital Federal de Bonsucesso
Av. Londres 616 - Bonsucesso - Rio de Janeiro - CEP:21041-030

(21) 3977-9500
285086 visitantes