HFBnet - Hospital Federal de Bonsucesso
 
Comunicação Social  Notícias |   Clipping | Vídeo | HFB Informa | Informe HFB
Home
O Hospital
Gestão
Centro de Estudos
Comunicação Social
CCIH
Ouvidoria
HFB Ciência
Sua Saúde
Links
Recursos Humanos
Programa de Diabetes


  você está aqui > Home > Comunicação Social > Notícias

007/11/2006

Dor de cabeça perturba muita gente

Por Bárbara Coutinho



Dor de cabeça é a presença de uma sensação dolorosa na cabeça, pescoço e face. A tensão do dia a dia é a causa mais freqüente das dores de cabeça, mas elas podem aparecer por diversas causas e não escolhem idade ou sexo.

Existem duas categorias de dor de cabeça. Há as primárias, em que a dor é a doença. E as secundárias, decorrentes de outras alterações de saúde, que variam de gripe à meningite. O tratamento varia em função do tipo. As secundárias vão embora uma vez que a causa da doença seja tratada. Já as primárias, exigem trabalho de detetive do médico para que sejam feitos o diagnóstico e o tratamento.

Por que a cabeça dói?

A dor pode originar-se na parte externa do crânio, como resultado da contração e da tensão dos músculos do pescoço e do couro cabeludo. Ou, então, pode ter origem no lado interno do crânio, devido a uma inflamação, distorção ou algum outro problema que esteja afetando os vasos sangüíneos ou as membranas que envolvem o cérebro. Mas, em ambos os casos, estão envolvidos os mesmos nervos, isto é, aqueles que enviam sinais de dor ao cérebro.

O que é enxaqueca?

Os pacientes com enxaqueca receberam de alguém da família os genes para ter este tipo de doença. Embora em apenas um tipo mais raro de enxaqueca, chamada de hemiplégica familiar, tenha sido evidenciado o cromossomo 19 como responsável por sua transmissão de um parente para outro. Aceita-se hoje que os demais tipos de enxaqueca, inclusive os mais comuns, como a enxaqueca sem causa, também sejam herdados através de genes.

Tipos de dor de cabeça: Existem mais de 150 tipos de dores de cabeça, esses são apenas alguns casos:

Dor de cabeça provocada por infecção: Este tipo de dor, bastante comum em crianças é, em geral, acompanhado de febre provocada por dor de dente, sinusite ou infecção no ouvido;

Dor de cabeça provocada por sinusite: Ela ocorre em pessoas de qualquer idade quando os seios nasais (cavidades existentes em torno e atrás do nariz) ficam congestionados e, em seguida, infeccionados. A dor manifesta-se na testa e nas faces, o nariz fica obstruído e os olhos lacrimejantes;

Dor de cabeça diretamente associada à fadiga ocular: Muitas dores de cabeça começam atrás ou em volta do globo ocular depois que uma pessoa lê ou escreve durante um tempo prolongado. Elas são quase sempre provocadas pela tensão nos músculos do pescoço, e por isso, deve-se consultar um oftalmologista;

Dor de cabeça associada a dores no pescoço: Muitas vezes ela provém de uma dor que tem início no pescoço, estende-se para os músculos do couro cabeludo, passando a afetar a parte posterior da cabeça, as têmporas e o fundo dos olhos. Esse tipo é muito comum depois dos 50 anos de idade, quando muitas pessoas passam a sofrer de dores reumáticas, de fibrosite ou ligeira artrite no pescoço;

Dor de cabeça provocada por pancadas e ferimentos: Por mais leves que possam ser, um ferimento ou uma pancada na cabeça costuma provocar dores, muitas vezes acompanhadas de espasmos musculares e de tonturas. Estas dores desaparecem com o tempo, mas podem ser intensificadas pela ansiedade que provocam;

Dor de cabeça provocada por problemas cerebrais graves: As dores de cabeça raramente têm como causa um problema grave no cérebro, como um tumor, por exemplo. Mesmo quando existe um tumor cerebral, a dor de cabeça é um sintoma que ocorre apenas nos estágios avançados da doença e, em geral, é mascarada por sintomas mais acentuados, como fraqueza e formigamento nos braços e nas pernas, distúrbios da fala, vômitos e rigidez dos músculos do pescoço. Contudo, é extremamente improvável que a dor de cabeça ocorra como o único sintoma deste tipo de problema;

Sentir dor de cabeça não é normal. Por isso, se o problema se manifestar com freqüência e intensidade, é preciso pedir orientação médica.

Voltar

21/04/2019 - INAUGURAÇÃO DE SERVIÇO

21/04/2019 - COLOCAÇÃO DE PRÓTESE FONATÓRIA

21/04/2019 - DIA DO OBSTETRA

21/04/2019 - AÇÃO INTEGRADA PARA HOSPITAIS FEDERAIS

09/04/2019 - DIA MUNDIAL DA SAÚDE

09/04/2019 - OUVIDORIA EM FOCO

 

HFBnet - Hospital Federal de Bonsucesso
Av. Londres 616 - Bonsucesso - Rio de Janeiro - CEP:21041-030

(21) 3977-9500
336525 visitantes