HFBnet - Hospital Federal de Bonsucesso
 
Comunicação Social  Notícias |   Clipping | Vídeo | HFB Informa | Informe HFB
Home
O Hospital
Gestão
Centro de Estudos
Comunicação Social
CCIH
Ouvidoria
HFB Ciência
Sua Saúde
Links
Recursos Humanos
Programa de Diabetes


  você está aqui > Home > Comunicação Social > Notícias

009/14/2010

Coordenador de Transplante do HFB faz palestra em Fórum sobre Biotecnologia

Por Cláudia Chagas



O chefe do Serviço de Transplante de Fígado do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB), Lúcio Pacheco, participou nesta segunda-feira (13/09), no Centro Cultural Justiça Federal, do Fórum “O Direito Frente aos Avanços da Biotecnologia”. No evento, promovido pela Escola de Magistratura Regional Federal da 2ª Região, Pacheco falou sobre a judicialização das filas de transplantes - quando o juiz decide quem recebe os órgãos primeiro -, a autorização judicial para transplantes com doadores vivos e a bioética de transplantes.

O cirurgião do HFB iniciou a palestra com um breve relato sobre a história dos transplantes no Brasil e no mundo e o desenvolvimento, ao longo dos anos, do procedimento, cuja maior preocupação, hoje, é a falta de doadores de órgãos. Ele alertou que no Brasil há apenas oito doadores por milhão de habitantes. No Rio de Janeiro, a situação é ainda mais preocupante, com apenas 3,6 doadores por milhão de habitantes. Na Espanha, campeã mundial de doações, este índice passa de 33 doadores por milhão de habitantes.

Sobre os aspectos legais dos transplantes, Pacheco ressaltou o trabalho das Câmaras Técnicas do Ministério da Saúde, que podem auxiliar a Justiça em decisões sobre a necessidade de um paciente passar à frente dos demais na fila de espera por órgãos. Ele também falou sobre a autorização judicial para transplantes com doadores vivos, destacando a importância da rapidez nessas decisões, que, em casos extremos, pode determinar se um paciente irá sobreviver.

Lúcio Pacheco abordou também os aspectos éticos, principalmente no que diz respeito ao transplante intervivos. O cirurgião ressaltou que um doador vivo é uma pessoa que não precisaria ser operada, portanto ela deve ser informada e estar inteiramente ciente dos riscos que corre ao doar um órgão.

Voltar

09/04/2019 - OUVIDORIA EM FOCO

09/04/2019 - DIA MUNDIAL DA SAÚDE

05/04/2019 - NOTA ABERTA À POPULAÇÃO

30/11/2018 - PREOCUPAÇÃO COM A PROTEÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

09/11/2018 - DOAÇÃO DE SANGUE NO HFB

09/11/2018 - Novembro Azul conscientiza homens para prevenção do câncer de próstata.

 

HFBnet - Hospital Federal de Bonsucesso
Av. Londres 616 - Bonsucesso - Rio de Janeiro - CEP:21041-030

(21) 3977-9500
284781 visitantes