HFBnet - Hospital Federal de Bonsucesso
 
Comunicação Social  Notícias |   Clipping | Vídeo | HFB Informa | Informe HFB
Home
O Hospital
Gestão
Centro de Estudos
Comunicação Social
CCIH
Ouvidoria
HFB Ciência
Sua Saúde
Links
Recursos Humanos
Programa de Diabetes


  você está aqui > Home > Comunicação Social > Notícias

002/15/2012

Doação de sangue



Por Danielle Fernandes

O Hospital Federal de Bonsucesso (HFB) realiza campanha de carnaval para doação de sangue nos dias 16, 17, 23 e 24 de fevereiro. Com o slogan “Sabe quando a vida rima com folia? Quando você doa sangue e ajuda um coração bater forte de alegria”, o Serviço de Hemoterapia da Unidade pretende captar voluntários para aumentar o estoque e suprir a necessidade de emergências e cirurgias no período anterior e posterior do carnaval. O setor funcionará das 7h30m às 12h.

O HFB tem setor de captação de sangue próprio, por isso precisa que as pessoas doem para que mantenha o estoque em dia. “A necessidade é de 40 doadores por dia para dar conta da demanda de sangue do hospital, porém neste ano só conseguimos atingir a metade”, informa a médica Patrícia D’Ávila, chefe do Serviço de Hemoterapia. O HFB realiza mensalmente cerca de 4 mil atendimentos na Emergência, entre acidentados e baleados, e 1.200 cirurgias, sendo a maioria de alta complexidade, como transplante, que precisam de muitas bolsas de sangue.

O Serviço de Hemoterapia do Hospital Federal de Bonsucesso funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30m às 12h, na Av. Londres, nº 616, no térreo do Prédio 4, em Bonsucesso.

Quem pode doar sangue?

Não precisa muito para ser doador. Preenche os requisitos quem tem entre 18 e 67 anos; pesa mais de 50 quilos; está bem de saúde; não ingeriu bebida alcoólica 12 horas antes da doação; e não está grávida ou amamentando. Não é necessário estar em jejum, recomenda-se evitar apenas alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem à doação. Desde junho de 2011, também podem se candidatar à doação, adolescentes com 16 e 17 anos, que apresentem consentimento formal do responsável legal.

O voluntário deve comparecer com um documento de identidade com foto e tem direito a uma justificativa da falta ou atraso para apresentar no local de trabalho. Homens podem doar com intervalo mínimo de dois meses, porém até quatro vezes ao ano. Já para as mulheres, esse espaço é de três meses, podendo realizar a doação até três vezes no ano.

O que acontece com o sangue doado?

Todo sangue doado é separado em diferentes componentes (como hemácias, plaquetas e plasma) e assim poderá beneficiar mais de um paciente com apenas uma unidade coletada. Os componentes são usados para atender aos casos de emergência e aos pacientes internados. Exemplos de casos que podem ser beneficiados com a doação: mulheres com complicações durante a gravidez ou o parto; crianças com anemia severa; pessoas com graves traumas provocados por acidentes; pacientes que passam por algum tipo de cirurgia de alta complexidade, como o transplante e a cirurgia cardíaca.

O que acontece depois da doação?

O doador recebe um lanche, instruções referentes ao seu bem estar e poderá posteriormente conhecer os resultados dos exames que serão feitos em seu sangue. Estes testes detectarão doenças como AIDS, Sífilis, Doença de Chagas, HTLV I/II, Hepatites B e C, além de outro exame para saber o tipo sanguíneo. Se for necessário confirmar algum destes testes, o doador será convocado para coletar uma nova amostra e se necessário, encaminhado a um serviço de saúde.

Voltar

21/04/2019 - INAUGURAÇÃO DE SERVIÇO

21/04/2019 - COLOCAÇÃO DE PRÓTESE FONATÓRIA

21/04/2019 - DIA DO OBSTETRA

21/04/2019 - AÇÃO INTEGRADA PARA HOSPITAIS FEDERAIS

09/04/2019 - DIA MUNDIAL DA SAÚDE

09/04/2019 - OUVIDORIA EM FOCO

 

HFBnet - Hospital Federal de Bonsucesso
Av. Londres 616 - Bonsucesso - Rio de Janeiro - CEP:21041-030

(21) 3977-9500
337088 visitantes