HFBnet - Hospital Federal de Bonsucesso
 
Comunicação Social  Notícias |   Clipping | Vídeo | HFB Informa | Informe HFB
Home
O Hospital
Gestão
Centro de Estudos
Comunicação Social
CCIH
Ouvidoria
HFB Ciência
Sua Saúde
Links
Recursos Humanos
Programa de Diabetes


  você está aqui > Home > Comunicação Social > Notícias

12/20/2002

Equipe de Transplante Hepático realiza mais um transplante intervivos



A equipe do Programa de Transplante Hepático do HGB realizou, na sexta-feira (20/12), mais um transplante intervivos. Lucilha Guimarães, de 23 anos, recebeu cerca de 45% do fígado de sua irmã, Geruza Guimarães, de 26 anos. É a terceira vez que esta modalidade de cirurgia é feita no Hospital em menos de um ano de funcionamento do Programa.

Lucilha sofre da Síndrome de Allagile - uma doença que se caracteriza pela ausência de canais para escoar a bile através do tecido hepático - e, há 10 anos, começou a apresentar icterícia (pele amarelada, fruto da presença da bile no sangue). Somente quando procurou o HGB a paciente soube da possibilidade de um transplante. "Ela se emocionou muito ao saber que poderia ter uma vida normal, pois achava que iria conviver com a doença, e com o preconceito, para sempre" - conta a coordenadora clínica da equipe, Dra. Elizabeth Balbi.

Os quatro cirurgiões da equipe se dividiram para a cirurgia: Dr. Lucio Pacheco e Dr. José Manuel Martinho retiraram o órgão da doadora e os doutores Marcelo Enne e Alexandre Cerqueira fizeram o implante do fígado na paciente.

Em julho deste ano, José Cabral de Vasconcelos, de 54 anos, que sofria de cirrose hepática e há 14 anos tinha hepatite tipo C, recebeu a doação de sua esposa, Damiana Vasconcelos, de 48 anos, em cirurgia inédita em hospitais públicos do estado do Rio de Janeiro.

Em setembro, outro transplante inovador. Desta vez, a mesma modalidade entre pacientes vivos, mas com uma paciente criança, Natália Nascimento. Na época com um ano e oito meses, ela , que não tinha o canal que leva a bile do fígado para o duodeno, teve o seu pai, Luiz Claúdio Nascimento, de 34 anos, como doador.

Sexta-feira, a equipe do Programa totalizou 13 transplantes, sendo quatro com técnicas inéditas no estado: intervivos, dominó, pediátrico reduzido e pediátrico intervivos.

 

Transplante intervivos: cirurgia realizada com paciente e doador vivos.

Transplante pediátrico intervivos: cirurgia realizada com doador vivo e receptor criança.

Transplante dominó: cirurgia em que se retira o fígado de um paciente que receberá um outro de um doador morto e se aproveita esse fígado que está sendo retirado para um outro paciente, tendo em vista que o mesmo ainda pode ser utilizado por outra pessoa, dependendo de sua idade.

Transplante reduzido: cirurgia onde se retira apenas uma parte do fígado de doador morto para ser implantado no paciente.

Voltar

09/04/2019 - OUVIDORIA EM FOCO

09/04/2019 - DIA MUNDIAL DA SAÚDE

05/04/2019 - NOTA ABERTA À POPULAÇÃO

30/11/2018 - PREOCUPAÇÃO COM A PROTEÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

09/11/2018 - DOAÇÃO DE SANGUE NO HFB

09/11/2018 - Novembro Azul conscientiza homens para prevenção do câncer de próstata.

 

HFBnet - Hospital Federal de Bonsucesso
Av. Londres 616 - Bonsucesso - Rio de Janeiro - CEP:21041-030

(21) 3977-9500
304989 visitantes