HFBnet - Hospital Federal de Bonsucesso
 
Comunicação Social  Notícias |   Clipping | Vídeo | HFB Informa | Informe HFB
Home
O Hospital
Gestão
Centro de Estudos
Comunicação Social
CCIH
Ouvidoria
HFB Ciência
Sua Saúde
Links
Recursos Humanos
Programa de Diabetes


  você está aqui > Home > Comunicação Social > Notícias

12/20/2002

Enfermeiras são aprovadas para mestrado na UERJ

Não é novidade que os funcionários do HGB estão sempre em busca do crescimento profissional. E foi seguindo esta premissa que mais duas profissionais conseguiram a aprovação para o concurso de mestrado da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). A enfermeira-chefe do Serviço da Pediatria, Teresa Jesus de Oliveira, e a enfermeira responsável técnica do CTI, Cristina Albuquerque Campos de Sousa, tiveram de passar por três etapas, todas eliminatórias.

A primeira fase consistiu na apresentação de um currículo, contendo tudo o que estava relacionado à profissão e, também, um pré-projeto, que abordava assuntos relacionados ao trabalho. A segunda foi uma prova de língua estrangeira e a última a defesa do projeto junto à banca examinadora.

A enfermeira Teresa, que apresentou o tema Contribuição do Enfermeiro à Criança e Adolescente Vítima de Violência Física Doméstica, afirma que não foi nada fácil passar nos exames.  "Além disso, eram apenas 20 vagas para 72 concorrentes", conta. Ela explica que escolheu esse tema ao fazer um curso de especialização, patrocinado pelo Hospital, na Universidade de São Paulo (USP): "no curso sobre violência doméstica que eu fiz, me sensibilizei com a criança vítima de maus-tratos. Geralmente ela não é ouvida".

Integrante do Núcleo de Atenção à Criança e ao Adolescente Vitimizado do HGB (NACAV), Teresa diz que são muitos os casos desse tipo atendidos na Unidade. "Assistimos a isso diariamente. No meu projeto eu propus um modelo de admissão para identificar precocemente criança e adolescente vitimizados e prestar cuidados voltados para detectar sinais de maus tratos ", afirma a enfermeira, que pretende implantar este projeto na Unidade.

Já a enfermeira Cristina, cujo tema apresentado foi "A Escala de Braden como norteador da prescrição de enfermagem para lesões de pele", explica que esta escala tem por objetivo diagnosticar a probabilidade de um paciente crítico vir adquirir úlceras de pressão. Segundo ela, a Escala de Braden é um recente sistema de avaliação de um paciente grave que, devido ao fato de estar acamado e impossibilitado de se mover, tende a desenvolver feridas na pele. "Se trata de uma tabela cujos critérios, tais como o estado nutricional, mobilidade, umidade, entre outros, fazem um somatório que indicam a existência de uma predisposição ao desenvolvimento desta doença, também conhecida como escara", afirma. Ela conta, ainda, que pretende, no próximo ano, implantar este projeto no CTI do Hospital, paralelamente ao seu curso na UERJ. "O HGB será o meu campo de atuação. Pautada em cima desta escala, pretendo desenvolver um trabalho que impeça o desenvolvimento dessa doença. Através da prescrição de enfermagem, poderemos possibilitar uma melhor condição ao paciente, pois os resultados se manifestarão no seu tempo de internação", afirma.

Voltar

09/04/2019 - OUVIDORIA EM FOCO

09/04/2019 - DIA MUNDIAL DA SAÚDE

05/04/2019 - NOTA ABERTA À POPULAÇÃO

30/11/2018 - PREOCUPAÇÃO COM A PROTEÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

09/11/2018 - DOAÇÃO DE SANGUE NO HFB

09/11/2018 - Novembro Azul conscientiza homens para prevenção do câncer de próstata.

 

HFBnet - Hospital Federal de Bonsucesso
Av. Londres 616 - Bonsucesso - Rio de Janeiro - CEP:21041-030

(21) 3977-9500
304181 visitantes